A EMOÇÃO E O ESTÔMAGO

Você já reparou que a maioria das pessoas quando têm um problema sente dor de estômago?
O Prof. Dr. Luiz Chehter, autor do capítulo de gastroenterologia do livro Medicina Mitos e Verdades (Carla Leonel), explica que a ação das emoções faz liberar substâncias como histamina, serotonina, prostaglandinas e citocinas, provocando alteração da motilidade gástrica e da secreção de ácido clorídrico e de pepsina (enzimas digestivas que ajudam no processo de digestão). Essas substâncias lesam a mucosa que reveste o estômago, podendo causar ulcerações. A notícia boa é que esse tipo de úlcera cicatriza em 2 semanas no máximo, desde que sejam afastados os fatores emocionais e empregadas drogas anti-secretoras de ácido clorídrico ou protetoras da mucosa gástrica.

Então, que tal fazer as pazes com vc? Todos nós temos problemas. O melhor seria manter a calma e procurar soluções poupando assim o seu estômago! O nervosismo não ajuda, só piora a situação levando seu corpo a somatizar!

Clique no link e leia mais artigos na categoria de Gastroenterologia

Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo e/ou imagem sem citar a fonte com o link ativo. Direitos autorais protegidos pela lei.