O que é nefrite?
Nefrite (também chamada de glomerulonefrite) significa inflamação no rim. A causa é imunológica, isto é, provocada por uma resposta inadequada do organismo, que agride o seu glomérulo (filtro do rim) na tentativa de se defender de alguma patologia como resfriado, gripe, dor de garganta ou pneumonia, por exemplo. Na luta contra essas infecções, o corpo acaba produzindo anticorpos de tal maneira que esse grupo de anticorpos vai agredir o próprio rim. Acontece mais comumente na infância, uma época em que o defeito imunológico manifesta-se com mais frequência.

Existem glomerulonefrites que dependem de outras causas como, por exemplo, o diabetes. São glomerulonefrites classificadas como secundárias. O diabetes pode lesar o rim de maneira grave e irreversível em 30% das ocorrências, porque deposita no glomérulo uma substância que impede seu funcionamento normal. Nesse caso, a doença não é decorrente de um defeito imunológico, mas consequência do diabetes.

Cerca de 45% dos pacientes com insuficiência renal crônica o são por problema de origem imunológica: as glomerulonefrites constituem a principal causa. A segunda causa mais frequente, cerca de 20%, é o diabetes.

Como prevenir a nefrite?
Não se pode prevenir a nefrite, a não ser que se evite infecções. Como não existe meio de se prevenir uma infecção de garganta, por exemplo, não há como se prevenir a nefrite.

Quais os sintomas da nefrite e quanto tempo após a infecção os sinais da doença se manifestam?
Os sintomas costumam se manifestar aproximadamente 10 dias após qualquer infecção que desencadeie a glomerulonefrite.
• Mudança da cor da urina: cor de coca-cola e, às vezes, avermelhada;
• Queimação ao urinar e volume de urina diminuído;
• Inchaço causado pela retenção de líquidos: nota-se, principalmente, nos olhos e pernas ao acordar;
• Dor de cabeça, mal-estar, cansaço, vômitos e dor abdominal;
• Pode surgir câimbras noturnas;
• Pele seca e coceira.

Como se trata a nefrite?
A grande maioria das glomerulonefrites não tem tratamento. A lesão é progressiva e, dependendo do tipo (que pode ser avaliado por biopsia), a evolução pode demorar de alguns meses a dezenas de anos, até causar a destruição do rim (insuficiência renal crônica). O tratamento visa evitar as complicações causadas pela nefrite. Utiliza-se medicamento para controlar a hipertensão pois o seu descontrole pode levar a uma perda rápida da função do rim. Diuréticos também são usados para controlar o excesso de retenção de líquidos.

Conteúdo do livro Medicina Mitos e Verdades (Carla Leonel) - Capítulo de Nefrologia. Médico responsável Prof. Dr. Emil Sabbaga. Proibida reprodução total ou parcial sem citar a fonte.

Palavras em azul são links que te direcionam ao assunto em questão. Clique para ler. Matérias relacionadas:
Mitos e Verdades da hemodiálise
Insuficiência renal aguda e crônica
Infecção de garganta em crianças

Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo sem citar a fonte com o link.

SUAS DÚVIDAS NO CONSULTÓRIO MÉDICO
Livro Medicina, Mitos e Verdades (Carla Leonel): capa dura, 800 páginas, perguntas e respostas em 22 especialidades médicas com os mais bem conceituados nomes da Medicina no Brasil. Best-Seller: mais de 300 mil cópias vendidas.
• PROMOÇÃO: Compre um e leve dois. Por apenas R$ 99,00 você recebe 2 livros iguais. Pagamento facilitado em até 10 X R$ 9,90 sem juros no cartão de crédito. O frete é por nossa conta. Válido apenas no Brasil e em um único endereço escolhido por você. Não perca esta oportunidade.
Clique neste link COMPRAR e saiba mais. A informação ajuda no diagnóstico precoce e pode salvar vidas.