DIARREIA POR CONTAMINAÇÃO ALIMENTAR

A diarreia é o aumento de excreção de água nas fezes, tornando-as mais fluidas, inclusive, líquidas. É caracterizada pelo aumento do número de evacuações, diminuição da consistência e/ou aumento do volume das fezes. Resulta do aumento da motilidade do tubo digestivo e/ou do desequilíbrio entre secreção e absorção intestinal de água. No caso da intoxicação alimentar, a diarreia é causada por bactérias ou suas toxinas presentes nos alimentos. As mais frequentes são: campylobacter, salmonella, shigella, E.coli e yersínia.

Segundo o gastroenterologista Prof. Dr. Luiz Chehter, autor do capítulo de gastro do livro Medicina Mitos e Verdades (Carla Leonel), as bactérias contaminam o alimento pela manipulação inadequada, má conservação (falta de geladeira), ou prolongada exposição ao sol. Veja como identificar a causa da intoxicação alimentar:
Bactérias já estão presentes no alimento: os sintomas da infecção ou intoxicação alimentar causada pelas toxinas das bactérias surgem pouco tempo após a ingestão do alimento.
Alimento contaminado por manipulação indevida: a proliferação e produção de toxina ainda leva algum tempo para ocorrer e os sintomas decorrentes das toxinas produzidas pelas bactérias se manifestam mais tardiamente.

Em qualquer situação, quando ocorre a desidratação, a diarreia é grave. Provoca desequilíbrio hidroeletrolítico, deficiência de água e eletrólitos, como sódio, cloro e potássio, além de alterações renais, toxêmicas ou infecciosas.

Na presença de bactérias, administra-se tratamento específico, que são os antibióticos.

Em casos menos graves, faz-se hidratação oral domiciliar com água, chá, sucos ou mesmo soro caseiro (4 colheres de sopa de açúcar, 1 colher de chá de sal, em 1 litro de água mineral ou fervida), associada à restrição alimentar para fibras (verduras, legumes e cascas de frutas), gorduras, condimentos e, eventualmente, para leite e derivados.

Clique no link e leia também: Hepatite por água ou alimento contaminado

Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo e/ou imagem sem citar a fonte com o link ativo. Direitos autorais protegidos pela lei.