As doenças sexualmente transmissíveis são aquelas que se propagam pelo ato sexual. Existem exceções, mas são raras. Na maioria das vezes, se forem tratadas em tempo hábil, elas não trazem consequências. O ginecologista Prof. Dr. Thomaz Gollop cita as consequências nas mulheres e o urologista Prof. Dr. Sami Arap, nos homens. Hoje em dia, as mais importantes são:

AIDS
Na fase inicial, quando a pessoa é apenas portadora do vírus, não exibe manifestações físicas que permitam detectar a doença.
• Os sintomas iniciais são:  emagrecimento, sudorese noturna, febre, diarreia e sarcoma de Kaposi.
• Consequências: admite tratamento e, embora não tenha cura definitiva, possibilita uma vida normal com as devidas precauções. Potencialmente leva ao óbito.

CLAMÍDIA
• Sintomas: corrimento, aparente ou não, e sem sintomas. Normalmente passa desapercebida, sendo diagnosticada apenas em exames laboratoriais. Às vezes ocorre perda de sangue nos intervalos do período menstrual e dor no baixo ventre. No homem, secreção uretral e ardor ao urinar. Em 30% dos casos, não aparece sintoma.
• Consequências: esterilidade por inflamação das trompas. No homem, principalmente, infertilidade.

GONORREIA
• Sintomas: pode passar desapercebida ou manifestar sintomas como micção frequente, difícil ou dolorosa, uretrite (inflamação da uretra) e às vezes, corrimento vaginal amarelado. No homem apresenta secreção uretral e ardor ao urinar.
• Consequências: por ser uma doença que pode passar desapercebida, o agente infeccioso pode ficar alojado durante longos períodos no trato urogenital da mulher causando além de processos  inflamatórios, a infertilidade . No homem: estreitamento uretral, prostatite, infertilidade.

HEPATITE: Vírus da hepatite tipo B e C
• Sintomas: febre, icterícia e mal-estar.
• Consequências: cirrose hepática.
"Quanto a transmissão sexual da hepatite A, ela pode ocorrer com a prática sexual oral-anal (anilingus), por meio do contato da mucosa da boca de uma pessoa com o ânus de outra portadora da infecção aguda da hepatite A. A prática dígito-anal-oral pode ser uma via de transmissão. Deve ser lembrado que um dos parceiros precisa estar infectado naquele momento e que a infecção pelo HAV não se cronifica, o que faz com que este modo de transmissão não tenha grande importância na circulação do vírus na comunidade, embora, em termos individuais, traga as consequências que justificam informar essas possibilidades aos leitores."

HERPES SIMPLES
• Sintomas: é extremamente dolorido e normalmente se manifesta por múltiplas bolhas na região genital e no ânus.
• Consequências: não deixa sequelas. Apenas o incômodo de ser uma doença que costuma ter muitas recidivas.

PAPILOMAVÍRUS (HPV)  "Crista de Galo"
• Sintomas: inicialmente pode ocorrer sangramento irregular e perda de sangue após a relação sexual.  Surgem lesões em forma de verrugas genitais. Estas, possuem aspecto que  lembra múltiplas lesões verrucóides, semelhantes à crista de galo. Podem estar na vulva, pequenos e grandes lábios, vagina, colo uterino e uretra. No homem: verrugas genitais
• Consequências: Atualmente indica-se a vacinação em mulheres entre 9 e 26 anos. Dois subtipos desta doença, o subtipo 16 e subtipo 18, estão claramente relacionados com a gênese do câncer do colo do útero. No homem está relacionado ao câncer de pênis.

SÍFILIS
• Sintomas: Provoca lesões ulcerosas (cancros) na vulva, região dos lábios genitais e entrada da vagina. No homem, úlcera genital.
• Consequências: tratamento com penicilina. Não tratada, passa da forma primária para a secundária, que atinge pele e mucosas. Pode causar lesão no sistema nervoso.

TRICOMONÍASE ( Trichomonas vaginalis )
• Sintomas: corrimento amarelo ou amarelo-esverdeado. Caracteriza-se por ter mau cheiro, causar irritação vaginal e não provocar coceira. O tratamento deve ser feito no casal à base de comprimidos e acrescido de creme vaginal para a mulher. O homem não tem sintomas e raramente apresenta secreção uretral.
• Consequências: praticamente inexistentes

Faça sexo seguro. Use preservativo!

Palavras em azul são links que te direcionam ao assunto em questão. Clique para ler. Veja também mais artigos nas categorias de GINECOLOGIA e UROLOGIA

Conteúdo do livro Medicina Mitos e Verdades (Carla Leonel). Capítulo de Ginecologia e Urologia Médico responsável Prof. Dr. Thomaz Gollop. e Prof. Sami Arap. Proibida reprodução sem citar a fonte com link da matéria original.

Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo sem citar a fonte com o link.

SUAS DÚVIDAS NO CONSULTÓRIO MÉDICO
Livro Medicina, Mitos e Verdades (Carla Leonel): capa dura, 800 páginas, perguntas e respostas em 22 especialidades médicas com os mais bem conceituados nomes da Medicina no Brasil. Best-Seller: mais de 300 mil cópias vendidas.
• PROMOÇÃO: Compre um e leve dois. Por apenas R$ 99,00 você recebe 2 livros iguais. Pagamento facilitado em até 10 X R$ 9,90 sem juros no cartão de crédito. O frete é por nossa conta. Válido apenas no Brasil e em um único endereço escolhido por você. Não perca esta oportunidade.
Clique neste link COMPRAR e saiba mais. A informação ajuda no diagnóstico precoce e pode salvar vidas.