O que é polimialgia?
A palavra polimialgia significa dor nos músculos. Na reumatologia, este termo refere-se, principalmente, a uma doença cujo nome completo é polimialgia reumática. Esta doença caracteriza-se por dor e rigidez muscular, afeta homens e mulheres e, geralmente, aparece apenas após os 55 anos de idade. O paciente queixa-se de dor e dificuldade de movimentos, principalmente em braços, pernas e região do pescoço, sendo, por exemplo, difícil trocar de roupa ou sair do carro.

Como diferenciar a polimialgia reumática das dores nos músculos causadas, por exemplo, por tensão ou esforço físico excessivo?
Na polimialgia reumática a dor muscular aparece de forma súbita e sem motivo aparente. Costuma surgir em vários grupos musculares,  como o pescoço, braços e coxas. Não melhora com analgésico ou anti-inflamatórios e se tornam mais intensas durante à noite ou ao acordar. Também não provoca deformidades nem inchaços, como acontece em doenças autoimunes com sintomas semelhantes, como a polimiosite. Clique no link e leia também sobre a Fibromialgia, que atinge, principalmente, mulheres entre 30 e 50 anos e provoca dores em vários grupos musculares.

Além da dor nos músculos, algum outro sintoma acompanha a polimialgia reumática?
Quando a polimialgia reumática é acompanhada de cefaleia intensa frontal (nas temporas) e/ou dor na mandíbula inferior durante a mastigação, costuma estar presente uma outra doença denominada arterite temporal. Na arterite temporal também pode surgir dor de cabeça e sensibilidade no couro cabeludo. Estes diagnósticos são importantes, porque esta doença chegam a atingir os vasos que irrigam os nervos dos olhos, causando perda da visão.

Como é feito o diagnóstico da polimialgia?
O diagnóstico é feito pelo histórico clínico (dor e dificuldade ao movimento), por exame físico (dor à palpação muscular) e pela alteração de uma prova de laboratório denominada velocidade de hemossedimentação, a qual fica muito elevada, normalmente se altera em 10 vezes o valor normal.

Qual o tratamento?
O tratamento é a prescrição de corticoides (cortisona) para debelar prontamente a inflamação dos vasos. Na polimialgia reumática também são usados os corticoides, porém, em doses menores que na arterite temporal. As dores são curadas logo no início do tratamento.

Este conteúdo é exclusivo do capítulo de Reumatologia do livro Medicina Mitos e Verdades (Carla Leonel). Médico responsável Prof. Dr. Cristiano Zerbini, Coordenador do Núcleo Avançado de Reumatologia do Hospital Sírio Libanês e Diretor do Centro Paulista de Investigações Clínicas. Proibida reprodução total ou parcial sem citar a fonte com o link ativo.

Palavras em azul são links que te direcionam ao assunto em questão. Clique para ler. Veja também mais artigos na categoria de Reumatologia. Matérias relacionadas:
• Polimiosite: fraqueza muscular 
"Doutor, dói tudo". Este é um dos sintomas da Fibromialgia   
Para que servem e como agem os analgésicos, anti-inflamatórios e relaxantes musculares

Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo sem citar a fonte com o link.

SUAS DÚVIDAS NO CONSULTÓRIO MÉDICO
Livro Medicina, Mitos e Verdades (Carla Leonel): capa dura, 800 páginas, perguntas e respostas em 22 especialidades médicas com os mais bem conceituados nomes da Medicina no Brasil. Best-Seller: mais de 300 mil cópias vendidas.
• PROMOÇÃO: Compre um e leve dois. Por apenas R$ 99,00 você recebe 2 livros iguais. Pagamento facilitado em até 10 X R$ 9,90 sem juros no cartão de crédito. O frete é por nossa conta. Válido apenas no Brasil e em um único endereço escolhido por você. Não perca esta oportunidade.
Clique neste link COMPRAR e saiba mais. A informação ajuda no diagnóstico precoce e pode salvar vidas.