FRAQUEZA MUSCULAR É UM DOS SINTOMAS DE POLIMIOSITE

Os músculos podem ficar inflamados? Isso refere-se à doença reumática?
As doenças que tem como característica a inflamação dos músculos chamam-se miosites.  Estas doenças ainda não têm uma causa bem determinada, mas sabemos que são doenças autoimunes, ou seja, doenças onde o sistema imune sofre uma desregulação e ataca os músculos provocando inflamação. As miosites são pouco frequentes e, algumas vezes, são de difícil diagnóstico no começo de seu aparecimento.

Quais os sintomas das miosites?
Os pacientes queixam-se de fraqueza muscular e dificuldade de fazer suas atividades diárias. A fraqueza muscular é, geralmente, simétrica (igual dos dois lados do corpo, direito e esquerdo) e, normalmente, se desenvolve aos poucos, em semanas ou meses.

Os primeiros sinais das miosites contados pelos pacientes são: dificuldade para levantar da cadeira, subir escadas e levantar os braços para pentear o cabelo ou trazer uma xícara até a boca. A fraqueza ocorre, principalmente, nos músculos mais próximos do corpo, como o pescoço, os braços e as coxas. Os músculos das mãos e dos pés não são afetados.

Pode haver queixa de cansaço intenso após uma caminhada, ou pelo simples fato de ficar em pé muito tempo. Em alguns casos, as queixas iniciais podem incluir dificuldade para respirar ou mesmo engolir: "Doutor, o alimento parece parar na minha garganta depois que eu engulo. Muitas vezes, eu engasgo".
Clique no link azul e leia o artigo sobre Tiroide que tem como um dos sintomas a dificuldade de engolir ou respirar. 

Existem basicamente dois tipos de miosite: a dermatomiosite e a polimiosite.

O que é a dermatomiosite?
Dermatomiosite é a miosite caracterizada por perda de força muscular e uma vermelhidão na pele que chamamos de rash cutâneo. Esta vermelhidão pode aparecer na região próxima ao pescoço, no rosto (bochechas), sobre o nariz, nos cotovelos e nos joelhos. Uma coloração arrocheada da pele, característica da doença, pode aparecer nas pálpebras e sobre algumas articulações dos dedos das mãos. Esta doença é mais frequente em mulheres do que em homens e pode ocorrer em qualquer idade, inclusive em crianças.

Quais os sintomas da polimiosite?
Polimiosite é uma miosite bastante semelhante à dermatomiosite no que se refere à fraqueza muscular, porém, nesta forma de miosite, não há alteração da pele. Da mesma forma que vimos anteriormente, os pacientes queixam-se de fraqueza, principalmente nos músculos perto do corpo, e apenas um terço dos pacientes tem dor muscular. A polimiosite também afeta mais as mulheres que os homens mas é rara em crianças.

Como é feito o diagnóstico das miosites?
O médico faz o diagnóstico das miosites por:
• Histórico de fraqueza muscular;  
• Exame físico que comprova esta fraqueza;
• Testes de laboratório que mostram enzimas musculares aumentadas no sangue;
• Teste com pequenas agulhas chamado eletroneuromiografia;
• Algumas vezes, com um exame ao microscópio de um pequeno fragmento do músculo (biópsia muscular).

Como é feito o tratamento?
O tratamento das miosites é realizado com altas doses de corticoides (cortisona) e, geralmente, é bem efetivo. Outros medicamentos denominados imunossupressores também podem ser utilizados, como o metotrexato e a azatioprina. Em alguns casos, é utilizado um tratamento com infusão endovenosa (na veia) de substâncias denominadas imunoglobulinas.

Palavras em azul são links que te direcionam ao assunto em questão. Clique para ler. Veja também matérias relacionadas:
Fibromialgia - Dor em vários grupos musculares que atinge, principalmente, mulheres entre 30 e 50 anos.
Polimialgia - Dor e rigidez muscular. Costuma surgir apenas, em pessoas com mais de 55 anos.
O que é reumatismo?    
Para que servem e como agem os analgésicos, anti-inflamatórios e relaxantes musculares

Leia mais artigos na categoria de REUMATOLOGIA

Este conteúdo é exclusivo do capítulo de Reumatologia do livro Medicina Mitos e Verdades (Carla Leonel). Médico responsável Prof. Dr. Cristiano Zerbini, Coordenador do Núcleo Avançado de Reumatologia do Hospital Sírio Libanês e Diretor do Centro Paulista de Investigações Clínicas. Proibida reprodução total ou parcial sem citar a fonte com o link ativo.

Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo e/ou imagem sem citar a fonte com o link ativo. Direitos autorais protegidos pela lei.