Você sabe por que gripes e resfriados são mais frequentes no frio?
Pois é exatamente em temperaturas mais baixas e nos ambientes fechados, que os vírus sobrevivem por maior tempo. Pesquisa realizada pelo Dr. Nélson da Cruz Gouveia (Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da USP), constatou que, para cada diminuição de um grau na temperatura abaixo de 20°C há um aumento de 5,5% no número de mortes em idosos devido à complicações da gripe.

Também, pessoas com a defesa do sistema imunológico fraca são mais susceptíveis ao contágio dos vírus. Dessa forma, deve-se estar atento à nutrição, fator importante para o bom funcionamento do sistema imunológico. A alimentação saudável, com ingestão adequada de proteínas, carboidratos, gorduras e micronutrientes, é fundamental para que o organismo possa se defender de infecções. "Quando mantemos uma dieta equilibrada com a presença de todas as vitaminas e minerais necessários, contribuímos para o funcionamento adequado do nosso sistema imunológico", destaca o nutrólogo e presidente da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN), Durval Ribas Filho.

A quantidade de frutas e hortaliças recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é de 400 gramas diárias que equivale entre cinco e seis porções ao dia. Desses alimentos, destacam-se o alho, salmão, brócolis, espinafre, couve, tomate e ovo. Das frutas podemos citar, limão, laranja, acerola, abacate, morango, melancia, framboesa e mamão.

Como prevenção  o Prof. Dr. Vicente Amato Neto, autor do capítulo de infectologia do livro Medicina Mitos e Verdades (Carla Leonel), indica a vacina da gripe antes do outono  para pessoas com maiores chances de pneumonia causada por complicação da gripe. Neste grupo incluem-se os idosos, diabéticos, portadores de doença pulmonar crônica, gestantes, profissionais da saúde e crianças entre  6 meses e  24 meses.
Dados recentes apontam para a importância da vacinação rotineira de crianças até os 5 anos com o objetivo de proteção cruzada da população idosa. A explicação é simples: as crianças respondem melhor a vacina da gripe que os idosos, mas também contraem o vírus com maior facilidade. Portanto elas próprias acabam funcionando como reservatório do vírus para os idosos. Ou seja,  as crianças tem "o poder" de transmitir e espalhar o vírus. Diante deste cenário, se vacinarmos as crianças em massa, teremos menor circulação viral e menos doença e morte na população idosa.

Palavras em azul são links que te direcionam ao assunto em questão. Clique nelas para ler. veja também artigos relacionados:
Não confunda a gripe com doenças do aparelho respiratório
• O antibiótico e a gripe
• As doenças mais comuns do inverno

Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo sem citar a fonte com o link.

SUAS DÚVIDAS NO CONSULTÓRIO MÉDICO
Livro Medicina, Mitos e Verdades (Carla Leonel): capa dura, 800 páginas, perguntas e respostas em 22 especialidades médicas com os mais bem conceituados nomes da Medicina no Brasil. Best-Seller: mais de 300 mil cópias vendidas.
• PROMOÇÃO: Compre um e leve dois. Por apenas R$ 99,00 você recebe 2 livros iguais. Pagamento facilitado em até 10 X R$ 9,90 sem juros no cartão de crédito. O frete é por nossa conta. Válido apenas no Brasil e em um único endereço escolhido por você. Não perca esta oportunidade.
Clique neste link COMPRAR e saiba mais. A informação ajuda no diagnóstico precoce e pode salvar vidas.