O EXAME OFTALMOLÓGICO EM CRIANÇAS

No exame oftalmológico em adultos, o médico geralmente tem a total cooperação do paciente. Já no infantil, a cooperação tem relação direta com a habilidade do oftalmologista em cativar a criança e obter sua atenção.

A primeira parte do exame oftalmológico consiste em avaliar a acuidade visual, com o uso de figuras ou símbolos facilmente identificáveis pela criança. Nas menores, que ainda não falam, a acuidade visual é estimada pelo padrão de fixação. O oftalmologista observa se ela é capaz de fixar objetos e segui-los enquanto são movidos horizontal e verticalmente.

O médico também examina as pupilas, verificando a forma, a cor e a reação à luz, e observando se a pupila se contrai quando a luz é focada sobre os olhos da criança.

Em seguida, é feito o exame de motilidade ocular. O médico avalia a posição dos olhos, que devem estar alinhados sem apresentar nenhum desvio. Esse exame é realizado fazendo com que a criança fixe objetos, tanto de perto como de longe. Para perto, são usados brinquedos que chamam a atenção da criança e, para longe, utiliza-se uma televisão acoplada a um filme com desenhos animados.

Após essas avaliações, pingam-se gotas de colírio para dilatar a pupila. Com a pupila dilatada, o oftalmologista fará uma boa refração, isto é, ele poderá avaliar a necessidade ou não do uso de óculos. Além disso, a pupila dilatada permite o melhor exame das estruturas internas do olho, o chamado exame de fundo de olho.

DR. MAURO PLUT. Médico Oftalmopediatra da Clínica Oftalmológica do Hospital Israelita Albert Einstein e autor do capítulo de oftalmologia pediátrica do livro MEDICINA MITOS E VERDADES (Carla Leonel), Editora CIP. Artigo do livro. Proibida reprodução parcial ou total sem citar a fonte com o link.

Clique no link azul e leia matérias relacionadas:
Ambliopia ou olho preguiçoso  
• Quando devo procurar o oculista para meu filho 
• Será que meu bebê enxerga bem?  

Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo e/ou imagem sem citar a fonte com o link ativo. Direitos autorais protegidos pela lei.