Colírios como Visodin®, Moura Brasil®, Lavolho® não trazem nenhum tipo de consequência, mesmo quando usados diariamente. Esses colírios, quase sempre, contêm um tipo de substância que diminui o diâmetro dos vasos (veias) dos olhos, fazendo com que estes fiquem mais claros, além de proporcionarem um certo alívio.

Entretanto, o oftalmologista Prof. Dr. Rubens Belfort Jr. adverte que os colírios citados acima são completamente diferentes dos mais fortes, que contêm substâncias como os corticoides e, portanto, jamais devem ser usados sem orientação do médico oftalmologista. Eles favorecem as infecções por bactérias, vírus e fungos, podendo causar catarata e até a cegueira por glaucoma.

 Uma porcentagem grande da população, por predisposição genética, ao usar colírio de corticóide durante algumas semanas tem a pressão intraocular aumentada. Esta, se mantida alta por muito tempo, provoca o glaucoma.

Também é importante lembrar que os colírios contendo anestésicos não são recomendados. Esses medicamentos podem ocasionar necrose na córnea, perfuração dos olhos e também cegueira.

Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo sem citar a fonte com o link.

SUAS DÚVIDAS NO CONSULTÓRIO MÉDICO
Livro Medicina, Mitos e Verdades (Carla Leonel): capa dura, 800 páginas, perguntas e respostas em 22 especialidades médicas com os mais bem conceituados nomes da Medicina no Brasil. Best-Seller: mais de 300 mil cópias vendidas.
• PROMOÇÃO: Compre um e leve dois. Por apenas R$ 99,00 você recebe 2 livros iguais. Pagamento facilitado em até 10 X R$ 9,90 sem juros no cartão de crédito. O frete é por nossa conta. Válido apenas no Brasil e em um único endereço escolhido por você. Não perca esta oportunidade.
Clique neste link COMPRAR e saiba mais. A informação ajuda no diagnóstico precoce e pode salvar vidas.