Os desmaios, também conhecidos como síncopes, são decorrentes da diminuição da quantidade de sangue que irriga o cérebro. O neurologista Prof. Dr. Milberto Scaff cita as principais causas:
• Problemas cardíacos, como as arritmias e a insuficiência cardíaca;
• Desmaio induzido pela posição em pé (hipotensão ortostática): pessoa que se levanta rapidamente e tem uma queda brusca da pressão arterial;
Hipoglicemia;
• Diuréticos em doses altas;
• Calor ou frio ao extremo;
• As chamadas síncopes vagais: decorrentes da estimulação do nervo vago, que pode ocorrer durante a micção ou em episódios de forte dor;
• Acidentes que envolvem perda sanguínea;
• Hiperventilação: ocorre em indivíduos com transtornos emocionais durante um episódio de ansiedade, quadro este, que provoca aumento da oxigenação do sangue e redução do calibre dos vasos sanguíneos do cérebro;
• Desmaio infantil: acomete 4% a 5% das crianças principalmente entre 1 e 2 anos de idade, e é causada pela perda de fôlego. Esses casos, normalmente, têm um histórico familiar em 25% das vezes, e podem surgir diante de quadros de cianoses ou palidez cutânea. Cerca de 20% dessas crianças terão síncopes quando adultas, mas não apresentam riscos aumentados para epilepsia;
• Desmaios também podem ser consequentes de nervosismo intenso, susto, fome e cansaço excessivo.

Os sintomas característicos anterior ao desmaio:
• Sensações de flutuação ou vertigem,
• Náuseas,
• Visão tubular,
• Palidez,
• Queda da pressão arterial,
• Pernas cambaleantes,
• Sudorese.

Primeiros Socorros anterior ao desmaio: coloque a pessoa sentada, com a cabeça entre as pernas de forma que a cabeça fique mais baixa que os joelhos. Pressione a cabeça do paciente para baixo e faça-o respirar profundamente.

Para caracterizar-se o desmaio deve sempre existir perda de consciência, que pode ou não ser acompanhada de queda. Deve-se atentar aos ferimentos causados pela queda. Em geral, as síncopes (os desmaios) são de causa benignas, embora as consequências possam assustar em decorrência da perda de consciência seguida de queda.

Primeiros Socorros após o desmaio
Não há nada que se possa fazer durante tal episódio, que se caracteriza por ser autolimitado, ou seja, o organismo desencadeia uma série de reflexos que visam o restabelecimento da irrigação cerebral e o retorno da função neurológica. Assim, durante o período em que o indivíduo não respira, ocorre acúmulo de gás carbônico no sangue, o qual estimula o centro respiratório promovendo o retorno das incursões respiratórias.
• A recuperação é usualmente conseguida quando se adota a posição horizontal (deitada de barriga para cima). Apenas isso.
• Não sacuda ou jogue água no rosto da vítima.
• Também não coloque álcool em seu nariz. 
• Apenas solte a roupa, caso estejam apertadas e mantenha o local arejado.
• Se houver vômito,  coloque a cabeça de lado para evitar sufocamento.
• Se o desmaio durar mais que dois minutos, procure assistência médica com urgência.

O indivíduo que apresenta desmaios frequentes deve ser submetido a exames de função cardíaca e vascular, além de exame neurológico, no sentido de afastar suspeitas de doenças do sistema vascular nervoso. Em indivíduos jovens, normalmente não se detecta nenhum distúrbio orgânico. As síncopes (desmaios) decorrentes de alguns distúrbios cardíacos e vasculares são graves, e seu controle é dependente da resolução do problema causal.

Para pacientes que não são diagnosticados com doenças cardíacas e tem desmaios recorrentes é possível fazer um diagnóstico por meio do Tilt Test. Este exame mede o ritmo e a frequência do coração verificando a variação da pressão arterial  a partir da inclinação da postura do corpo. Desta forma é possível avaliar a capacidade do coração bombear o sangue em diferentes posições.

LEIA mais ARTIGOS nas CATEGORIAS:
Primeiros Socorros
Neurologia
Cardiologia
Saúde do Trabalhador


Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo sem citar a fonte com o link.

SUAS DÚVIDAS NO CONSULTÓRIO MÉDICO
Livro Medicina, Mitos e Verdades (Carla Leonel): capa dura, 800 páginas, perguntas e respostas em 22 especialidades médicas com os mais bem conceituados nomes da Medicina no Brasil. Best-Seller: mais de 300 mil cópias vendidas.
• PROMOÇÃO: Compre um e leve dois. Por apenas R$ 99,00 você recebe 2 livros iguais. Pagamento facilitado em até 10 X R$ 9,90 sem juros no cartão de crédito. O frete é por nossa conta. Válido apenas no Brasil e em um único endereço escolhido por você. Não perca esta oportunidade.
Clique neste link COMPRAR e saiba mais. A informação ajuda no diagnóstico precoce e pode salvar vidas.