O QUE É METÁSTASE E QUAIS ÓRGÃOS SÃO MAIS ATINGIDOS

O que é metástase?
Metástase é quando a célula cancerígena de um tumor se espalha para outros órgãos através dos vasos sanguíneos ou linfáticos formando um novo tumor em outro órgão - veja a ilustração acima.
Exemplo: as células cancerígenas de um tumor na mama podem alcançar o pulmão originando mais um tumor. O paciente neste caso tem um câncer de mama (chamado tumor primário) que deu metástase alcançando o pulmão. O câncer de pulmão (tumor metastático) neste caso, foi originado de células cancerígenas da mama. Quando descoberto tardiamente, o médico oncologista terá que descobrir se o câncer começou na mama ou no pulmão para instituir o tratamento adequado.

A metástase também está relacionada ao tamanho do tumor? Ou seja, quanto maior for o tumor maior a chance de provocar metástase?
O surgimento de metástases não é estritamente relacionado com o tamanho do tumor e, sim, a sua agressividade. Existem tumores que crescem lentamente ao longo dos anos e não provocam metástases. Ao contrário, alguns tumores são tão pequenos e agressivos que, muitas vezes, não encontramos o tumor primário, sendo apenas possível identificar as metástases. Entretanto, sabemos que, quanto mais precoce for o diagnóstico e o tratamento do câncer, diminui significativamente a chance de metástases, aumentando as chances de cura.

Existe algum órgão específico que é mais atingido pela metástase?
Normalmente, as metástases atingem mais frequentemente o pulmão, fígado e ossos.
Entretanto existe uma estatística que mostra os órgãos mais atingidos pela metástase de acordo com o tipo de câncer. Veja abaixo:

TIPO DE CÂNCER: PRINCIPAIS ÓRGÃOS ATINGIDOS POR METÁSTASE
Bexiga: fígado, pulmão e ossos;
Colorretal (intestino e reto): fígado, pulmão e peritônio (o peritônio é a maior membrana do corpo que forra toda a parede abdominal);
Estômago: fígado, pulmão e peritônio;
Mama: fígado, pulmão, ossos e cérebro;
Melanoma (câncer de pele): fígado, pulmão, ossos, cérebro, pele e músculos;
Ovário: fígado, pulmão e peritônio;
Pâncreas: fígado, pulmão e peritônio;
Próstata: fígado, pulmão, ossos, glândula adrenal (glândulas adrenais também chamadas de suprarrenais, estão localizadas sobre os rins e são responsáveis pela produção de cinco hormônios: a aldosterona, o cortisol, os andrógenos, a adrenalina e a noradrenalina);
Pulmão: fígado, pulmão, ossos, glândula adrenal e cérebro ;
Rim: fígado, pulmão, ossos, glândula adrenal e cérebro;
Tireoide: fígado, pulmão e ossos;
Útero: fígado, pulmão, ossos, peritônio e vagina.

Os órgão escritos em azul são links que te direcionam a matéria sobre o câncer descrito. Clique para ler.

Clique no link azul abaixo e leia também matérias relacionadas:
O que é o câncer?
Sintomas do câncer
• Novidades do tratamento do câncer
• A velocidade do crescimento de um tumor
Quando não se pode remover o câncer por cirurgia

A informação é uma forma de prevenção. Ajude a salvar vidas. Compartilhe esta notícia com seus amigos.

Conteúdo do livro MEDICINA — MITOS & VERDADES (Carla Leonel )  Capítulo de oncologia. Médico responsável Dr. Rene Gansl (Médico oncologista do Hospital Israelita Albert Einstein). Proibida reprodução total ou parcial sem citar a fonte com o link.

Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo e/ou imagem sem citar a fonte com o link ativo. Direitos autorais protegidos pela lei.